Blog

5 dicas para aumentar o nível de segurança digital da sua empresa

Dicas

O maior patrimônio que a sua empresa tem é a confiança que os clientes depositam em você quando cedem seus dados para armazenamento. É por esse motivo que seguir algumas dicas para aumentar o nível de segurança digital da sua companhia é uma das práticas que devem ser adotadas no seu negócio.

Além de boas práticas no manuseio de dados, sua empresa deve contar ainda com tecnologia adequada para evitar ameaças externas. Por essa razão, contar com a consultoria de empresas especializadas é o melhor caminho, pois sempre há alguma brecha que pode ser explorada por pessoas maldosas quando optamos por fazer as coisas por conta própria.

Quer saber como aumentar a segurança digital na sua empresa? Siga essas dicas!

1. Tenha backup das suas informações

Todo e qualquer sistema, por melhor que ele seja, está sujeito a apresentar problemas em algum momento. Em algumas situações, a tragédia é previsível, mas em outros pode não haver tempo para salvar certas informações. Some a isso o fato de que muitas vezes até é possível salvar dados apagados, mas o custo pode ser alto.

É por essa razão que a sua companhia deve pensar em soluções de backup constantes. Dependendo do volume de dados com o qual você trabalha, gravações diárias ou mesmo com intervalo de poucas horas podem ser necessárias para evitar que, caso algum problema aconteça, o prejuízo seja enorme para a sua empresa.

2. Use sistemas de computação na nuvem

Embora os sistemas de cloud computing ainda sejam vistos por muitas empresas como menos seguros, existem algumas razões que tornam essa premissa uma inverdade. Isso porque existem tecnologias com alto grau de segurança que acabam sendo compartilhadas por diversas empresas.

Caso você optasse por uma solução como essa em um sistema individual, certamente teria como ônus um custo elevado e que talvez não se justificasse ou fosse inviável. Contudo, nesse caso você tem acesso a uma tecnologia de ponta a um custo reduzido, pois o valor é diluído entre muitas outras companhias. No final das contas, os benefícios acabam justificando essa escolha.

3. Tenha níveis de privilégio de acesso

Quando falamos em computação na nuvem, isso significa que todas as informações podem ser acessadas a partir de qualquer lugar. Entretanto, uma das medidas de proteção aos dados é conceder níveis e privilégios de acesso apenas àqueles que realmente precisam do conteúdo em questão.

Por exemplo, setores de cadastro não precisam, necessariamente, ter acesso a dados da área financeira. Trata-se de uma hierarquização da informação, com níveis e privilégios distintos de acesso que ajudam a minimizar o impacto das perdas em caso de erros dos usuários ou mesmo de eventuais invasões a níveis mais baixos.

4. Monitoramento: faça uma avaliação de riscos regularmente

A tecnologia tem uma evolução dinâmica e ágil e, infelizmente, os bandidos seguem o mesmo ritmo. Dessa forma, uma solução considerada segura hoje pode não ser mais daqui seis meses. Tudo vai depender da velocidade de atualização em termos de segurança proposto pelos controladores de servidores e softwares baseados na nuvem.

Por essa razão, de tempos em tempos é preciso reavaliar a tecnologia que está sendo utilizada e conferir se as tentativas de ataques estão sendo obstruídas de forma bem-sucedida. É comum encontrarmos empresas que julgam estar preparadas, dispondo de tecnologia compatível, que de repente percebem estar descobertas pela simples falta de atualização de seus softwares.

5. Tenha sempre as últimas atualizações de segurança

Por fim, é importante destacar que as atualizações de segurança devem ser uma prioridade para os responsáveis pela TI da sua empresa. Esses patches existem justamente para corrigir eventuais falhas e brechas que possam ser exploradas. Sempre que há uma correção de segurança, é comum que bandidos se debrucem sobre os aspectos que foram corrigidos com um propósito: atacar aqueles que ainda não fizeram as atualizações.

Por essa razão, automatizar esses processos pode fazer com que você ganhe tempo e aumente o nível de segurança dos dados da sua empresa. Não deixe essas atualizações para depois e cobre das empresas de software e dos servidores para que haja sempre disponibilização imediata das correções para todos.

Comment Facebook
Post Relacionado