Blog

O que é ataque DDoS?

Tecnologia

De tempos em tempos vemos notícias na mídia relacionadas ao fato de que um determinado site ou serviço sofreu um ataque e foi “derrubado”. Há várias formas encontradas pelos hackers para fazer isso, mas uma das mais comuns é por meio dos ataques DDoS. Você sabe o que é ataque DDoS?

Diferente do que muita gente pensa, esse tipo de ação não tem relação direta com algum tipo de invasão ou roubo de dados. No entanto, as empresas devem estar preparadas para suportar essa possibilidade caso ela venha a acontecer. Nesse artigo, explicaremos em detalhes como funcionam esses ataques e o que você precisa fazer para evitar que eles derrubem os seus serviços.

O que é um ataque DDoS?

DDoS é uma sigla em inglês para Distributed Denial of Service – em tradução para o português, algo como “Negação de Serviço Distribuída”. Na prática, o que ocorre nesses ataques é que um computador mestre consegue coordenar diversas outras máquinas – muitas vezes sem que o usuário saiba – a acessarem um determinado serviço simultaneamente.

Todos os servidores web possuem um número limitado de acessos simultâneos a seus recursos. Esse número varia de acordo com a capacidade dos servidores contratados. Por exemplo, a página de uma empresa pequena provavelmente não suporta mais do que 10 mil acessos simultâneos. Já um serviço como a Netflix, por exemplo, está preparado para receber milhões de visitantes ao mesmo tempo.

No ataque DDoS, a máquina mestre “escraviza” milhões de outros computadores e coordena-os para que acessem um mesmo serviço ao mesmo tempo. Por não suportar um volume de dados tão grande em um curto espaço de tempo, o site ou o servidor cai, deixando os usuários que estão realmente interessados em acessar o conteúdo sem alternativas.

Existem algumas variações de ataques DDoS, como UDP Flood, NTP Flood, SYN Flood, VoIP Flood e POD. Contudo, todas elas partem do mesmo princípio: o da sobrecarga de um ponto específico do servidor visando a sua reinicialização ou o travamento.

As respostas dos servidores a esse tipo de ataque são variadas: eles podem reiniciar automaticamente seguidas vezes ou mesmo ficarem completamente travados até que uma intervenção manual seja feita. O fato é que esse tipo de ataque gera muitos transtornos para as empresas e, por essa razão, é preciso buscar formas de proteção.

Existem maneiras de evitar ataques DDoS?

Sim, é possível fazer isso. Embora não existam maneiras de demover pessoas mal-intencionadas de direcionarem ataques DDoS aos seus servidores, há formas de combater esses ataques, impedindo que eles alcancem seus objetivos. Essas medidas são chamadas de anti-DDoS.

Por exemplo, alguns serviços conseguem analisar os pacotes de dados de forma rápida e em tempo real, desviando o tráfego de entrada do seu servidor quando percebem elementos não legítimos tentando acessar continuamente um serviço. Dessa forma, os acessos provenientes de máquinas zumbi são bloqueados, deixando passar apenas os usuários reais.

Infelizmente não há uma fórmula mágica e à medida que o seu serviço cresce em popularidade ou em demanda, passa a ser preciso investir em tecnologias que tornem os seus servidores mais robustos. Você vai precisar de um servidor que possa receber uma maior capacidade de tráfego, com uma banda disponível mais alta, além de pensar em ferramentas de segurança, como os identificadores de ataques DDoS.

Caso você esteja sendo vítima constante desse tipo de ataque, consulte imediatamente uma empresa de TI para encontrar meios de mitigar esses ataques. Infelizmente, como não é possível controlar a origem dos ataques, é bem possível que eles continuem acontecendo. No entanto, a porta de entrada para os seus servidores pode sim ser controlada e é justamente ela que precisa ser reforçada, empregando-se os meios corretos de proteção.

Comment Facebook
Post Relacionado