Blog

O que é e como remover vírus de roteador?

Dicas

Você sabia que os vírus além de se instalarem no seu computador também podem entrar no seu roteador? A grande maioria dos usuários desconhece esse tipo de ameaça e pouco se preocupa em como remover vírus de roteador.

O fato é que nos últimos anos eles têm aumentado a sua capacidade de infectar usuários, direcionando-os para sites falsos ou simplesmente roubando dados financeiros sensíveis das vítimas. Entender como eles funcionam e aprender a evitá-los é removê-los é importante para garantir uma navegação mais segura.

Como um roteador pode ser infectado por vírus?

Basicamente, existem duas formas de ter um roteador contaminado. A primeira delas requer interação entre o usuário e pessoas maliciosas. Links suspeitos enviados por e-mail ou por aplicativos de mensagem podem direcionar o usuário para sites maliciosos.

Ao clicar na URL certos scripts são acionados e enviam comandos para o roteador para que o DNS seja substituído por outro. Os bandidos se valem de uma brecha simples, mas que muitos usuários deixam de fechar: as senhas padrão. 

Todo roteador vem com login e senha padrão de fábrica – geralmente “admin” e senha “admin123”. Muitos usuários não alteram essa senha e como resultado acabam deixando o roteador exposto.

A outra forma de ataque, menos comum, é remota. Embora ela seja mais perigosa, uma vez que o usuário não precisa clicar em nada e nem mesmo o computador precisa estar ligado, ela é menos frequente. Nesse caso, os bandidos se aproveitam de falhas no software, geralmente de roteadores desatualizados.

O que acontece se o meu roteador for infectado?

Um dos grandes problemas da infecção direta do roteador é o fato de que os softwares antimalwares e antivírus não são capazes de detectar o problema. Isso permite que os bandidos interceptem os dispositivos conectados à rede, obtendo logins e senhas de serviços utilizados.

O que os softwares conseguem fazer é detectar mudanças de DNS, mas nem sempre elas indicam vírus no roteador. Nesse caso, é preciso redobrar os cuidados na navegação e verificar sempre as URL dos sites acessados. Se elas não tiverem um cadeado de segurança, então é sinal que não são seguras para suas transações.

Por fim, os vírus no roteador podem deixar as máquinas da rede mais lentas. Isso ocorre pelo fato de a sua rede estar sendo compartilhada com outras pessoas. É até possível para os criminosos evitar que a sua rede apresente esse sintoma, pois torna mais difícil a sua percepção, mas isso requer uma estrutura maior para eles – o que nem sempre está disponível.

Como resolver problemas de vírus no roteador?

Felizmente, a solução para resolver esse tipo de problema não é das mais complicadas. Em geral, os vírus de roteador se instalam em equipamentos que não tiveram as suas versões de firmware atualizadas. 

Por isso, o que você precisa fazer é restaurar o roteador às configurações de fábrica e atualizar o firmware para a versão mais recente. Você pode encontrar informações sobre isso no site do fabricante do seu roteador. Em alguns casos, a infecção simplesmente some quando o roteador é reiniciado.

Em todos os casos, entretanto, esses procedimentos não garantem a condição de que o problema não se repetirá. Portanto, troque a senha para outra que não seja a padrão e certifique-se de atualizar sempre o firmware do seu roteador. Alguns modelos mais recentes já fazem isso de forma automática, mas nunca é demais checar essa condição pelo menos uma vez a cada 30 dias.

***

Não deixe que os vírus cibernéticos atrapalhem o seu desempenho e da sua máquina. Caso tenha alguma dúvida ou tenha perdido seus dados, a CBLTech pode te ajudar! Entre em contato com a nossa equipe especializada.

Fonte(s): Olhar Digital e G1

Comment Facebook
Post Relacionado