Blog

Como aumentar a segurança do seu celular

Dicas

segurança do celular

Você já parou para pensar quantos dados confidenciais estão salvos hoje no seu smartphone? Embora boa parte dos brasileiros confiem muitas informações a esses aparelhos, nem todos se preocupam devidamente com a segurança do celular.

Proteger aplicativos com senha, ativar apps antivírus e antimalwares e manter serviços de rastreamento remoto são algumas das possibilidades para aumentar a segurança. Assim, mesmo que o seu celular caia nas mãos de estranhos, os dados não poderão ser acessados – eles poderão, inclusive, ser apagados remotamente.

Nesse artigo, listamos algumas dicas e truques que você pode empregar para aumentar a segurança do celular. Quando se trata de proteger os seus dados pessoais, todo cuidado nunca é demais.

1. Proteja os mensageiros com senha

Aplicativos como o WhatsApp e o Telegram estão entre os mais utilizados pelos brasileiros. Por meio dessas plataformas, travamos conversas pessoais com muita gente e expor essas informações pode resultar em muitos problemas. Um desconhecido que acesse o seu mensageiro pode se passar por você, gerando muita dor de cabeça.

Para dificultar o acesso a esses aplicativo, é importante que eles sejam protegidos por senhas. Para isso, ambos os serviços contam com a chamada “autenticação de dois fatores”. Para habilitá-la no WhatsApp, siga este passo a passo:

  1. Acesse o menu de configurações do WhatsApp.
  2. Toque em “Conta” e, depois, em “Confirmação em duas etapas”.
  3. Por fim, adicione uma senha numérica (seis dígitos) e um e-mail de segurança.

No caso do Telegram, o passo a passo é parecido. A diferença é que o app aceita senhas com letras, números e caracteres especiais, o que torna a proteção mais forte.

2. Proteja Facebook a conta Google e o Apple ID

O Facebook é a rede social mais utilizada pelos brasileiros. Independentemente de ela reunir suas informações pessoais, o login também serve como porta de entrada para diversos outros serviços. O mesmo vale para a conta Google, nos smartphones Android, e para o Apple ID, no iPhone.

Por essa razão, todos esses serviços também devem ser protegidos com a autenticação de dois fatores. Caso seu celular seja roubado, mesmo a distância será possível modificar a senha e evitar que qualquer pessoa acesse o conteúdo. As informações ficam vinculadas ao seu número de telefone.

Para ativar esse recurso na conta Google, vá no painel de segurança e ative a verificação em duas etapas. As opções de verificação são “aplicativo gerador de código”, “código via SMS” ou “chave de segurança”, método mais seguro, mas pago.

Já em se tratando do iPhone, vá em “Ajustes” e escolha a opção “Apple ID”. Depois, toque em “Senha e segurança”, ative a autenticação em duas etapas e adicione seu número aos celulares confiáveis.

3. Use aplicativos antivírus e antimalwares

Outra forma recorrente de roubo de dados e acesso às informações pessoais é por meio dos vírus, dos malwares e dos ramsomwares. Um simples clique em um link malicioso pode ser o suficiente para comprometer a sua segurança.

Ao invadirem um aparelho, os hackers passam a ter acesso às suas senhas, aos seus contatos e até mesmo a dados bancários, como número da conta, senha e informações do cartão de crédito. Para não correr riscos, o ideal é manter um app antivírus sempre ativo.

Soluções como o AVG ou o Avast estão entre as mais reconhecidas do mercado. Evitar baixar aplicativos de fora das lojas oficiais também auxilia a aumentar o nível de proteção, uma vez que você não expõe seu aparelho a softwares de fonte desconhecida.

4. Mantenha ativos softwares de rastreamento

Tanto o Android quanto o iOS disponibilizam softwares que permitem ao usuário rastrear onde o aparelho está. Para isso, é preciso manter a localização sempre ativa. No sistema operacional do Google quem faz esse trabalho é o “Encontre Meu Dispositivo”; já no iOS é o “Buscar iPhone”.

As vantagens de utilizar esse tipo de recurso são muitas. Caso o aparelho esteja ativo, será possível verificar a sua localização exata no mapa. Se houver a possibilidade de recuperá-lo, melhor. Se não, outra solução interessante é apagar todos os dados remotamente. Você perde o aparelho, mas na melhor das hipóteses não tem as suas informações violadas.

*****

Conheça as soluções de recuperação de dados da CBL Tech. Acesse nosso site e converse com nossos especialistas.

Comment Facebook
Post Relacionado