Blog

Conheça os diferentes tipos de vírus de computador

Tecnologia

tipos de vírus de computador

É grande o número de pessoas mal intencionadas que busca meios de acessar e roubar seus dados para utilizá-los da mais diversas formas. Por essa razão, conhecer quais são os tipos de vírus de computador nos auxilia a saber como nos proteger em casa ou mesmo nas empresas.

Embora todos possam ser classificados como softwares maliciosos, nem todos agem da mesma maneira. Enquanto alguns são mais diretos e óbvios, e portanto mais fáceis de serem defendidos, outros são executados de maneira sorrateira e sofisticada, resultando em muitas vítimas.

Existem dezenas de tipos de vírus. Aqui, listamos os principais para que você saiba como eles funcionam e quais são as melhores maneiras de se proteger contra eles.

1. Blended Threats

Como o próprio nome indica, trata-se de um conjunto de ameaças – “blended threats”, em tradução direta, é algo como “mistura de ameaças”. Essa combinação de vários tipos de arquivos infectados em um só local pode espalhar muitos problemas de uma só vez.

Em geral, esse tipo de ameaça vem por e-mails falsos. Pendrives infectados também são uma das formas comuns de propagação. A melhor maneira de evitá-los é tomar cuidado com os links que você clica e utilizar sempre um software antivírus atualizado.

2. Keylogger

O principal objetivo de um keylogger é interceptar todas as informações que são digitadas pelo usuário no PC. Assim, quando o usuário tecla senhas ou dados bancários, por exemplo, essas informações são enviadas diretamente para o responsável pela distribuição desse tipo de programa.

Os dados do usuário, como logins e e-mails, são cruzados com as senhas digitadas e o resultado é o acesso direto às suas informações. Softwares antivírus e antimalwares atualizados e em execução são as maneiras mais eficientes de bloquear keyloggers.

3. Ransomware

Na lista dos tipos de vírus, os ransomware estão entre os mais nocivos em circulação na atualidade. Eles são os principais responsáveis pelas perdas financeiras em empresas atacadas. Isso porque o que ele faz é assumir o controle de uma base de dados.

Durante a execução de um ataque de ransomware, todos os sistemas acabam sendo paralisados. A forma de ativação é geralmente por meio de isca – um funcionário desavisado clica em um link malicioso e o estrago está feito. A melhor maneira de se prevenir contra esses ataques é instalar ferramentas de identificação de ransomwares em toda a rede.

4. Spyware

Os spywares têm um funcionamento bastante similar ao dos keyloggers: o objetivo aqui é capturar informações dos usuários sem que eles saibam disso. Porém, o que muda aqui é o modo de operação. Os spywares modificam o conteúdo de páginas, exibindo anúncios que levem ao download de programas maliciosos.

Por essa razão, os spywares são considerados mais nocivos do que os keyloggers, uma vez que eles não apenas capturam dados pessoais como também são capazes de modificar as configurações de uma máquina remotamente. Softwares antivírus ativos impedem boa parte desses ataques, mas é necessário ter muita atenção àquilo que é baixado.

5. Trojan Horse

Também conhecidos como Cavalo de Troia, eles são uma das ameaças mais perigosas aos usuários, pois nem sempre é possível identificá-los. Em termos de aparência eles são semelhantes a um software original, inclusive funcionando normalmente.

Porém, enquanto são executados, instalam em segundo plano softwares maliciosos que exploram falhas no sistema operacional. Em casos mais graves o computador se torna um “zumbi”, virando um elemento de uma poderosa rede universal utilizado para atacar outras máquinas.

6. Worms

Os worms já foram mais populares no passado, mas nem por isso deixaram de ser uma ameaça nos dias atuais. A palavra “worms” significa “vermes” e seu modo de distribuição é bastante semelhante ao dos parasitas. Eles têm alta capacidade de se multiplicar em uma rede, mesmo que não haja intervenção humana.

Os worms são distribuídos por mensagens de spam e a partir de sites falsos. Uma vez que uma máquina fosse infectada, todos os dispositivos em contato com ela acabavam ganhando uma cópia do software malicioso. PCs de uso compartilhado estão mais susceptíveis a esse tipo de ameaça.

.....

A lista de tipos de vírus é muito mais extensa do que essa, mas as opções que listamos acima são as responsáveis pela maioria dos problemas que os usuários enfrentam. Dia após dia os bandidos pensam em novos meios de cometer crimes virtuais, portanto as ameaças estão em constante mutação.

Os dois principais conselhos para se proteger de todos esses tipos de ataque são cautela e tecnologia. Por cautela, entenda que você não deve clicar nunca em links desconhecidos e também não deve instalar programas que não tenham sido baixados de fontes confiáveis.

Caso você falhe nesses quesitos de verificação, a utilização de um software antivírus, antimalware e antispyware pode descobrir o problema a tempo e evitar que maiores danos sejam causados à sua máquina, mantendo os seus dados protegidos.

Se você tiver problemas com vírus no seu computador e precisar recuperar seus dados, entre em contato com os especialistas da CBL Tech, líder mundial em recuperação de dados. 

Fonte(s): Netsupport, Intnet, Kaspersky, Mundo Positivo e Zillion

Comment Facebook
Post Relacionado