Blog

Como funciona o armazenamento de dados em um celular?

Novidades

Qual é o espaço de armazenamento de dados disponível em seu smartphone? Embora todos os aparelhos tenham um indicativo de capacidade de memória interna, na prática não é bem isso que o usuário recebe quando adquire um novo celular.

Por exemplo, se o seu celular tem 64 GB de armazenamento interno, é preciso considerar que boa parte desse espaço já virá ocupada pelo sistema operacional. Para se ter uma ideia, a versão 9 do Android ocupa cerca de 12 GB de espaço, isso sem contar os apps que já vem pré-instalados. Portanto, entender o funcionamento desse sistema é fundamental para que você possa adquirir um celular de acordo com as suas necessidades.

Armazenamento interno e externo

Para compensar o espaço indisponível para armazenamento, a alternativa encontrada por muitos fabricantes foi a inclusão de um espaço para cartão de memória. Ele faz o papel de uma unidade de armazenamento externo, expandido a capacidade de salvar arquivos no aparelho.

Se por um lado os cartões de memória podem armazenar muitos GB a mais de fotos e vídeos, por outro não é possível instalar e executar aplicativos a partir deles. Por essa razão, a recomendação é que você sempre salve documentos, fotos e vídeos em unidades removíveis, deixando assim mais espaço de armazenamento para o sistema operacional e os seus aplicativos.

Já smartphones como os da Apple, por exemplo, não contam com entrada para cartão de memória. Nesse caso, o usuário deve manter um controle mais rígido sobre as informações que salva no armazenamento interno. A dica é enviar documentos, fotos e vídeos para um sistema de armazenamento na nuvem.

No caso da Apple, todos os usuários ganham 5 GB de espaço de armazenamento gratuito. Para capacidades superiores é preciso pagar uma mensalidade, cujos valores vão de US$ 1 (50 GB) até US$ 10 (2 TB). Além disso, é possível recorrer a outros serviços do gênero, como o Google Drive ou o Dropbox.

Otimizando o espaço de armazenamento do smartphone

Para que nunca falte espaço para salvar novas fotos e vídeos no seu celular, a recomendação é ficar de olho na capacidade de armazenamento. Atualmente, aparelhos com capacidades inferiores a 64 GB – 32 GB, 16 GB e 8 GB – são praticamente inviáveis para a demanda de arquivos transacionados.

Se for optar por um smartphone iOS, considere a escolha de modelos com capacidade mínima de 64 GB. Já no caso dos celulares com o sistema operacional Android, versões com 32 GB de espaço de armazenamento são aceitáveis, desde que o aparelho possua entrada para cartão de memória e você não utilize muitos aplicativos.

Além disso, algumas dicas podem fazer com que você ganhe um espaço extra para manusear os seus arquivos. Veja alguns conselhos para obter mais espaço:

Remova os bloatwares

Muitos aparelhos vêm de fábrica com aplicativos de terceiros instalados, ou seja, apps que não fazem parte do pacote “Android”. Esses apps são chamados de bloatwares e ocupam um espaço de armazenamento precioso caso você não os utilize. A dica é apagar tudo aquilo que você não vai precisar, se for possível. Algumas fabricantes impedem a exclusão desses apps, mas você pode ao menos desabilitá-los.

Faça backups dos seus arquivos

De tempos em tempos, mova os arquivos salvos no armazenamento interno ou no cartão de memória para outros lugares. Você pode salvar seus backups no HD do PC ou mesmo em serviços de armazenamento na nuvem. Porém, é importante que você crie o hábito de deixar o armazenamento interno do celular sempre apto a receber novos conteúdos.

Use apps de limpeza regularmente

Por fim, lembre-se de desinstalar todos os apps que você não utiliza mais. Pelo menos uma vez por mês faça um “pente fino” nas suas aplicações e exclua aquelas que não estiverem em uso frequente. Use softwares específicos para remover arquivos de registro e libere ainda mais espaço de armazenamento no seu celular.

Comment Facebook
Post Relacionado

AVISO CORONAVÍRUS – Covid-19

Prezados clientes,

Devido aos últimos acontecimentos sobre o coronavírus – Covid19 - e suas consequências, informamos que estamos funcionando, porém, seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde e das autoridades de saúde de cada localidade onde temos unidades da CBL Tech.

Estamos funcionando para recebimento de serviços, inclusive os de urgência, porém é importante que entrem em contato antecipadamente conosco para saberem quais de nossas unidades estão em pleno funcionamento ou em horário especial reduzido ou ainda em recesso até que voltemos ao funcionamento normal.

Nosso compromisso é sempre com você e, neste momento, seguir as recomendações das autoridades de saúde é a melhor forma de podemos colaborar pelo bem de todos.

Desde já, agradecemos sua compreensão e nos colocamos sempre à disposição para quaisquer esclarecimentos.