Blog

Você sabia que o som pode danificar os dados de um HD?

Tecnologia

Você sabia que os ruídos sonoros podem danificar os dados de um HD? As chances de que isso aconteça são pequenas, mas já foi comprovado que existe essa possibilidade. Até mesmo demonstrações de que gritos são capazes de parar um HD já foram realizadas.

É claro que ninguém ficará continuamente gritando ao lado de um disco rígido, mas quando falamos de centrais de dados barulhentas os problemas podem ser mais graves. Esse tipo de arquitetura precisa ser prevista no projeto se os responsáveis quiserem minimizar riscos.

Como o som pode danificar um HD?

Antes de tudo, lembre-se de que discos rígidos são dispositivos mecânicos e que o som nada mais é do que uma onda. Em altas frequências, essas ondas podem ser capazes de influenciar no mecanismo dos HDs, causando uma série de problemas.

Um estudo publicado em 2005 chamado “Performance Impact of External Vibration on Consumer-grade and Enterprise-class Disk Drives”, realizado por Thomas Ruwart e Yingping Lu, descobriu que os jumpers dos discos rígidos são mais sensíveis às vibrações das unidades de disco adjacentes acopladas fisicamente. Por essa razão, é preciso tomar cuidados especiais com o design do gabinete, especialmente no que diz respeito às unidades de 3.5 polegadas pelo fato de que as suas operações de busca requerem mais energia.

Engenheiros e designers responsáveis pela criação de drives e discos rígidos sabem que as vibrações são um problema a ser contornado. Conforme relata um documento elaborado pela Hitachi, “distúrbios físicos podem tirar a agulha da pista e causar um atraso enquanto o atuador a reposiciona. Movimentos circulares – vibração rotacional – podem causar sérios problemas e a queda de desempenho pode ser significativa.

Problema pode ser maior em data centers

Para compensar movimentos bruscos como esses, os modelos atuais de HD contam com acelerômetros, mas as informações sobre as vibrações são inacessíveis para os usuários. Porém, em data centers, locais em que o barulho é mais intenso, as coisas podem sair do controle com o passar do tempo.

A combinação de movimentos randômicos da cabeça de leitura com as vibrações causadas pela poluição sonora de ventiladores e ar-condicionado pode comprometer a performance dos discos em médio e longo prazo. Embora as possibilidades de que isso aconteça sejam pequenas, elas existem.

As pesquisas existentes sobre o assunto ainda são consideradas limitadas, mas se estudos futuros apontarem para a mesma direção, poderemos ver novos investimentos dos fabricantes na busca por materiais menos suscetíveis a ruídos e que possam impactar menos na performance dos HDs.

Eu devo me preocupar com esse problema?

Os indicativos mostram que as chances de que você perca os dados do seu disco rígido por conta de vibrações sonoras são pequenas. Contudo, há muitos relatos de equipamentos que tiveram o seu desempenho reduzido após serem expostos por longos períodos a ruídos contínuos e intensos.

Com desempenho reduzido, os HDs estão mais sujeitos a apresentarem outros tipos de problema o que inclui, aí sim, a perda de dados. Portanto, podemos considerar os ruídos como uma espécie de gatilho que pode resultar, em médio e longo prazo, em outros problemas mais graves.

Um estudo da Siemens realizado entre 2009 e 2014 apontou que a maior parte das falhas se deu quando os discos rígidos foram expostos a ruídos maiores do que 120 decibéis, mas alguns modelos apresentaram problemas a partir de 110 decibéis. 

Para se ter uma ideia de quanto barulho isso significa, 110 decibéis é o volume equivalente ao de um show de rock. Há que se levar em consideração ainda o tempo de exposição ao ruído – o que no caso dos data centers é o maior dos problemas, pois trata-se de algo contínuo.

Não há motivo para pânico, mas é fundamental pensar em cópias de segurança para os dados salvos nos seus discos rígidos. Porém, reduzir os níveis de ruídos em centrais de dados deve estar também entre as suas prioridades.

Comment Facebook
Post Relacionado

AVISO CORONAVÍRUS – Covid-19

Prezados clientes,

Devido aos últimos acontecimentos sobre o coronavírus – Covid19 - e suas consequências, informamos que estamos funcionando, porém, seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde e das autoridades de saúde de cada localidade onde temos unidades da CBL Tech.

Estamos funcionando para recebimento de serviços, inclusive os de urgência, porém é importante que entrem em contato antecipadamente conosco para saberem quais de nossas unidades estão em pleno funcionamento ou em horário especial reduzido ou ainda em recesso até que voltemos ao funcionamento normal.

Nosso compromisso é sempre com você e, neste momento, seguir as recomendações das autoridades de saúde é a melhor forma de podemos colaborar pelo bem de todos.

Desde já, agradecemos sua compreensão e nos colocamos sempre à disposição para quaisquer esclarecimentos.